24/09
Dicas Para Seus Filhos Curtirem Uma Piscina em Segurança.

Quando pensamos em uma tarde divertida com a família, é fácil lembrar de dias de sol aproveitados dentro d’água, não é mesmo? Como nós do Fiesta sempre vemos pais e filhos felizes da vida juntos na nossa piscina, decidimos trazer algumas dicas para melhorar ainda mais a experiência desses dias tão gostosos, deixando seus pequenos em segurança! Então, para curtir uma piscina despreocupada, é só rolar a tela e conferir maneiras de tornar esse passeio ainda mais proveitoso e livre de perigos!

 

  1. Converse com seus filhos

 

            Sabemos que nada no mundo é capaz de proteger seus pequenos como desejado, mas sem dúvidas a maior arma de proteção que você pode dar a eles são eles mesmos. Por isso, converse com seus filhos. Explique a eles os perigos que a piscina pode oferecer, e os cuidados que eles devem tomar para evitar problemas em um dia tão legal (sempre lembrando que, tomando as devidas precauções, não há motivo para ter medo de entrar na água!). Mostre a eles o porquê eles não devem transitar pela área da piscina desacompanhados, e faça-os sentir seguros ao seu lado!

 

  1. Aulas de natação

 

            A piscina não é o oceano: não existem ondas, correntes de água ou marés altas que possam apresentar perigo para as crianças. Por isso, uma criança que sabe nadar estará segura nas águas calmas de uma piscina! Aulas de natação são uma excelente ideia para o desenvolvimento dos pequenos, desde bebezinhos (além de aumentar a segurança deles, as aulas podem ajudar no processo respiratório dos nenéns!), além de serem super divertidas!

 

  1. Material de segurança

 

            Não é por falta de aviso: a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático estão sempre reforçando a necessidade do uso do equipamento de proteção adequado em visitas à piscina. Bóias, e principalmente coletes, são essenciais para um banho de piscina tranquilo, pois evitam que as crianças afundem se perderem o equilíbrio durante o nado. Vale lembrar que bóias “tipo pneu” não são ideais: se seus filhos levantarem os bracinhos podem escorregar pelo centro dela, por isso os coletes e as bóias de braço são os mais recomendados para as famílias.

 

  1. Guarda-vidas

 

            Seguindo estas regrinhas acima, a ocorrência de acidentes fica muito mais difícil, mas imprevistos acontecem. Por isso, evite ao máximo deixar seus pequenos entrarem em piscinas sem um guarda-vidas por perto para socorrê-los caso seja necessário. Aqui no Fiesta Bahia Hotel temos uma equipe excelente de funcionários de segurança, que garantem a você e a sua família máxima tranquilidade ao curtir nossa piscina, então pode vir sem medo! E para ficar tranquilo aqui no Fiesta, verifique os horários do nosso guarda vidas!

 

 

  1. Brincadeiras

 

            Quem não ama uma brincadeira debaixo d’água, não é mesmo? Nos divertimos tanto que, por vezes, nos esquecemos de que estamos com crianças ao lado, e não adultos. Por isso, além de prestar atenção todo o tempo onde seus pequenos estão e o que estão fazendo, vale evitar brincadeiras arriscadas: dar “caldinho” ou brincar de “briga de galo”, colocando seus filhos nos ombros podem não ser a melhor das ideias, uma vez que eles ainda não tem controle total dos seus movimentos e podem acabar se desequilibrando. Além disso, eles podem querer repetir a brincadeira em outro momento, sem adultos por perto, comprometendo sua segurança.

 

  1. Profundidade

 

            A maioria das piscinas tem uma placa próximo à borda indicando a profundidade do local: é essencial prestar atenção nisso. Mesmo que seus filhos sejam altos para a idade, todos tem um limite de tamanho, e para crianças muito novinhas entrar em piscinas onde não dão pé pode ser arriscado. Geralmente as piscinas mais fundas tem 1,60 de profundidade, o que não é o ideal para os pequenos, mesmo que eles saibam nadar. Por isso evite deixar que nadem em áreas muito fundas (principalmente próximo aos ralos, o ponto mais fundo), essencialmente se estiverem sem um adulto junto a eles. Aqui no Fiesta Bahia Hotel temos todas as marcações de profundidade para a diversão dos pequenos em total segurança, e que garante a alegria deles o dia inteiro!

 

  1. Brinquedos

 

            Crianças são facilmente atraídas pelas cores e formas chamativas dos brinquedos que levamos para a piscina, não é? O problema é que estes brinquedos podem afundar, incitando os pequenos a mergulharem em busca deles. Por isso, na medida do possível, mantenha os brinquedos na borda da piscina, ou na piscina rasa, onde eles possam ter acesso sem maiores complicações, além de manter-se disponível para buscar os bonecos quando caírem, evitando que seus filhos tentem fazê-los por si só.

 

  1. Observe

 

            A vida real não é como nos filmes: uma criança se afogando raramente esperneia, grita, bate os braços, tosse ou pede socorro. Afogamentos infantis geralmente são silenciosos, e acontecem rapidamente, ao virar para trás em uma bóia e fazer com que a mesma vire de ponta-cabeça, ou mesmo perder o controle dos membros e afundar. Por isso, seja um bom observador, e tente captar todos os sinais possíveis que sua criança possa transmitir, mesmo que leves, para mostrar que está em perigo. Se estiver fora da piscina, evite ficar no celular: ele suga muita atenção, te deixando alheio ao que acontece em seu entorno, e dificultando sua percepção a momentos como este.

 

 

 

 

 

  1. Equipamentos da piscina

 

            Todos amamos uma piscina cheia de ralos, bombas e equipamentos que melhoram ainda mais a experiência, certo? Todavia, no caso dos pequenos, o ideal é que as brincadeiras sejam realizadas com esses equipamentos desligados, evitando que cabelos, roupas e até mãos ou pezinhos muito pequenos sejam acidentalmente sugados por eles.

 

  1. Filtro solar

 

            Por último, mas não menos importante, quando falamos em perigos que a piscina pode oferecer não estamos nos referindo apenas a afogamentos e coisas do tipo. A exposição ao sol por muito tempo pode ser um atentado à saúde dos seus filhos, e merece toda a atenção do mundo. Sendo assim, não abra mão de passar o filtro solar toda vez que for à piscina (aplique meia hora antes de entrar na água, para que o protetor tenha tempo de secar), e repôr de duas em duas horas. Outra excelente alternativa são as camisas UV, que protegem completamente seus pequenos dos raios ultravioleta e podem ser reutilizadas diversas vezes, dispensando o uso do filtro nas áreas cobertas pela camisa.

 

 

Seguindo estas dicas, não há perigo algum em uma tarde de diversão na piscina, e você e sua família poderão aproveitar ao máximo a experiência! Nós, do Fiesta Bahia Hotel, nos preocupamos tanto quanto você com a segurança dos seus pequenos, e estamos ansiosos para recebê-los em nossa área de piscina segura, disponível e muito, muito divertida!